SEGURANÇA ALIMENTAR | Cesta da Família beneficia comunidades indígenas de Amajari

NOTÍCIA Assessoria de Comunicação
imagem da notícia


Como medida para garantir segurança alimentar e reduzir os impactos econômicos da pandemia da Covid-19 para a população mais vulnerável, o Governo de Roraima entregou, nesse sábado, 15, cestas físicas do projeto emergencial Cesta da Família aos indígenas nas comunidades do Ouro, São Francisco e Três Corações, em Amajari. Moradores da sede também foram beneficiados. No total, foram entregues 1.500 cestas em todo o município.

 

O tuxaua da comunidade Ouro, Mireli Machado, ressaltou que os indígenas aguardavam ansiosos a chegada das cestas físicas, para auxiliar na complementação alimentar das famílias que passam por dificuldades neste período de crise. “Agradecemos ao Governo de Roraima pela inclusão das famílias, uma vez que necessitamos deste apoio para minimizar todos estes problemas. Fomos afetados por esta pandemia com a falta de recursos para a compra de insumos para a continuidade dos projetos de artesanato e o plantio de nossa lavoura”, disse.

 

O governador Antonio Denarium, durante a entrega de cestas na comunidade de Três Corações, enfatizou que o projeto emergencial já abrangeu em todo o Estado mais de 23 mil famílias, e a inclusão das comunidades indígenas foi uma estratégia, para garantir a segurança alimentar e contribuir para que os indígenas permaneçam em isolamento coletivo nas suas comunidades, evitando o risco de contágio pelo novo coronavírus.

“A Secretaria do Índio está inserida no plano de ações emergenciais de caráter social, para prover a alimentação das comunidades que estejam passando por dificuldades neste período. Serão beneficiados 12 mil indígenas com a entrega das cestas físicas”, detalhou.

 

A indígena Maria Sousa, da comunidade São Sebastião, comentou que a cesta é um dos benefícios que auxilia todos neste momento delicado que a população vem enfrentando. “Agradecer toda a equipe envolvida neste ato de solidariedade e socorro às famílias em todo o Estado. São tempos difíceis que todos devem ajudar de forma imediata os que necessitam de suporte para minimizar a fome”, disse.

 

A secretária do Trabalho e Bem-Estar Social, Tânia Soares, acompanhada da prefeita do Amajari, Núbia Lima, e do secretário estadual do Índio, Marcelo Pereira, participou da distribuição de cestas nas comunidades indígenas e assegurou que o projeto terá a continuidade de quatro meses para as famílias já cadastradas. “A intenção do governador Antonio Denarium é entregar, com a máxima celeridade, as cestas físicas às comunidades indígenas que possuem famílias vulneráveis, necessitando deste suporte. A Secretaria Estadual do Índio fará a logística para o benefício chegar o quanto antes às localidades”, afirmou.

 

OUTROS SERVIÇOS – Acompanhando as ações sociais do Governo, a Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres esteve presente na comunidade de Três Corações com o ônibus Lilás, oferecendo diversos atendimentos para o público que compareceu no local.

 
Fonte: Secom - RR