Notícias da CERR

Notícias da CERR

04/06/2020

imagem da notícia

Este mês marca de forma especial o Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima). É o Junho Vermelho, momento para conquistar novos doadores de sangue e incentivar aqueles que já são cadastrados a manter a doação regular.

Atualmente, 60 mil pessoas estão registradas na unidade, mas apenas 30% desse total mantém o calendário de doação em dia. E, nesse momento em que o País enfrenta as consequências da pandemia causada pelo Coronavírus (COVID-19), as doações reduziram ainda mais.

É por isso que este mês o Hemoraima reforça a importância da doação. "O objetivo é melhorar o estoque de sangue para todos os fatores, uma vez que o estoque está bastante crítico devido à queda de pelo menos 60% nas doações sanguíneas por causa da pandemia", esclareceu Márcia Kelly Pinheiro, assistente social do Hemoraima.

De acordo com Márcia, para garantir a segurança durante a doação, diversas medidas foram adotadas na unidade, entre elas, o distanciamento entre as cadeiras na área da recepção, bem como a disponibilidade de álcool em gel, em todo o ambiente. E há, ainda, a possibilidade de agendamento das doações pelo 98404-9593. "Mas é fundamental ressaltar que a pessoa que teve COVID-19 só poderá doar depois de 30 dias e aquela que teve contato com alguém que tenha testado positivo para a doença, tem que esperar 15 dias", acrescentou.

Conforme Márcia, o intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres. O Hemoraima fica localizado na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, próximo ao HGR (Hospital Geral de Roraima), e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 ao meio-dia e das 13h30 às 18h.

CRITÉRIO DE DOAÇÃO - Para fazer a doação, é preciso atender alguns requisitos, entre eles:

- Estar bem de saúde;

- Ter tido noite de sono de pelo menos 6h;

- Ir bem alimentado;

- Levar um documento oficial com foto;

- Se tiver tido Coronavírus, esperar 30 dias após a cura;

- Se tiver tido contato com alguém que testou positivo para COVID-19, ou tenha visitado outro Estado, esperar 15 dias;

"É importante reforçar que, além de uma boa noite de sono, é necessário que o doador não tenha feito uso de bebida alcoólica 12 horas antes e principalmente não ter consumido alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação”, reforçou Márcia.

Fonte: Secom-RR