Notícias da CERR

Notícias da CERR

01/09/2020

imagem da notícia

Graças ao trabalho efetuado pelo Governo de Roraima de reforçar as ações de enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19), por meio de medidas estratégicas como a reestruturação do fluxo de atendimento nas unidades hospitalares, o número de pessoas recuperadas da doença tem aumentado a cada dia, chegando a 11.057 atualmente.

Para a secretária Maria do Perpétuo Socorro de Souza Cruz, uma das pessoas que venceram a Covid-19, a experiência após o diagnóstico positivo é de superação.

“Eu me senti muito mal e fui fazer tomografia. Vi que estava com o pulmão muito comprometido. Foram dias de desânimo e perda de até sete quilos, mas nunca deixei a minha fé de lado”, comentou emocionada ao lembrar-se da recuperação.

Socorro chama a atenção para a banalização da doença e alerta que não se trata de uma gripezinha.

“Já ouvi vários amigos falando: ‘Quero pegar logo, porque assim me livro logo’, mas a gente não sabe se a Covid vem forte, se vem fraca, porque em cada organismo ela muda e reage de um jeito. Na minha filha foi leve, no meu esposo e na minha sobrinha também. Mas em mim, na minha mãe e em dois irmãos meus, foi horrível”, explicou.

Caroline Lisboa também festeja a recuperação da Covid-19. Ela sentiu os primeiros sintomas após sua irmã mais velha ficar doente.

“A parte mais difícil foi a tosse e a falta de ar. Eu não conseguia falar por muito tempo, ficava ofegante e cansada. Fiquei muito feliz quando pude respirar normalmente e voltar a fazer as coisas como antes. Foram dois meses até poder me sentir normal, e a sensação de estar bem é maravilhosa”, contou.

O aumento no número de pessoas recuperadas reflete o empenho do Governo de Roraima, por meio da Sesau, que vem trabalhando desde o início da pandemia para reduzir o impacto da Covid-19 na população.

“Seguindo a orientação do governador Antonio Denarium, ampliamos a oferta de serviços como leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e clínicos. Já ultrapassamos a oferta de 400 leitos à disposição da população para o tratamento da doença”, ressaltou o secretário da Saúde, Marcelo Lopes.

“Esta ampliação ocorreu em diversas unidades, entre elas, a maternidade, onde as gestantes têm a oportunidade de tratar a doença e dar continuidade ao acompanhamento médico na gestação; e o HGR (Hospital Geral de Roraima), que conta com uma equipe completa de profissionais para atender os casos graves. Estas e outras ações fazem parte do plano de trabalho criado para auxiliar a população de forma digna e com respeito”, complementou o secretário.

 
Fonte: Secom/RR