Notícias da CERR

Notícias da CERR

20/07/2020

imagem da notícia

Nesta sexta-feira, 17, o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), reafirmou para todos os entes ligados direta e indiretamente ao trabalho de enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19) o compromisso de trabalho integrado e transparente, com foco na prestação de um serviço público de saúde digo para a população. O anúncio foi feito pelo secretário de saúde, Marcelo Lopes, durante a primeira reunião de alinhamento das ações, realizada por meio de videoconferência, que marcou a reativação do COE (Centro de Operações Emergenciais).

Participaram do encontro virtual também o secretário adjunto de saúde, Alexandre Salomão; a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira; a médica infectologista Alessandra Martins; o representante do CRM (Conselho Regional de Medicina), Domingos Sávio; os apoiadores da OPAS/OMS no Estado de Roraima, Gustavo Soares Leão e Pedro Amparo Leite, e outros membros do COE.

A videoconferência foi iniciada com a apresentação do cenário atual da pandemia causada pelo Coronavírus em Roraima. O monitoramento realizado pela equipe da Vigilância em Saúde mostra que o Estado apresenta um risco alto de infecção pela COVID-19, baixo índice de isolamento social (chegando a 38%) e baixa testagem.

Diante desse cenário, os membros do COE discutiram sobre as consequências da possível reabertura do comércio de Boa Vista para as unidades hospitalares, uma vez que os indicadores foram avaliados de forma diferente pelas equipes de Vigilância Epidemiológica municipal e estadual.

“Após a avaliação dos dados atualizados, iniciamos o contato imediato com todos os gestores municipais para tratar sobre a necessidade de aproximação e trabalho integrado e a reativação do COE é o primeiro passo para que a unificação das informações seja alcançada na prática”, esclareceu o secretário Marcelo Lopes, ao acrescentar que esta semana se reuniu com os secretários de saúde da capital e dos municípios do interior para tratar sobre o cenário atual e a necessidade de manutenção do isolamento social.

Lopes explanou também sobre as medidas adotadas pelo Governo para reverter o atual cenário, entre elas, a aquisição de kits de extração (por meio da parceria com a OPAS/OMS no Estado de Roraima, para ampliar a capacidade de testagem), a aquisição de 240 mil testes rápidos para reforçar o monitoramento e acompanhamento estatístico, bem como a possibilidade de ampliação de leitos clínicos de UTI nas unidades hospitalares.

Estabilidade no número de óbitos

Ainda nesta sexta-feira, após a reunião do COE, a Sesau promoveu uma coletiva de imprensa remota, quando esclareceu sobre as medidas adotadas e as novas propostas de trabalho para garantir que o trabalho seja realizado de forma integrada e eficiente.

Durante a coletiva, o secretário Marcelo Lopes esclareceu pontos importantes, como a estabilidade no número de óbitos, que tem sido resultado da capacidade de tratamento nas unidades hospitalares, o que foi possível a partir da abertura do Hospital de Campanha - APC (Área de Proteção e Cuidado).

“Esclarecemos todas as dúvidas relacionadas ao trabalho desenvolvido até agora e as medidas que precisam ser tomadas daqui pra frente, entre elas, a decisão acordada junto com à Semsa [Secretaria Municipal de Saúde] de acompanhar os primeiros dias após a reabertura do comércio, para que as informações sejam avaliadas de forma unificada”, enfatizou Lopes.

Fonte: Secom/RR