Notícias da CERR

Notícias da CERR

15/04/2019

imagem da notícia

Ministro anuncia contratação de mais 30 megawatts no fornecimento de energia elétrica para Roraima

Contratação vai aumentar a segurança energética no Estado, até que se conclua o Linhão de Tucuruí

 

Na manhã desta sexta-feira, 12, a Comitiva Interministerial finalizou a agenda de compromissos em Roraima com uma visita a empresa Oliveira Energia, que gera energia para todo o Estado, por meio de termelétrica, desde a interrupção do fornecimento de energia de Guri, na Venezuela.

Acompanhado do governador Antonio Denarium, o ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque conheceu as instalações da empresa.

Participaram da visita o presidente da Eletronorte, Luiz Henrique Haman, o secretário de Energia Elétrica do MME, Ricardo Cirino, o diretor da Aneel, André Pepitone e o secretário de Infraestrutura do Governo de Roraima, Edilson Damião.

 

O ministro anunciou ainda que o MME vai contratar mais 30 megawatts de energia termelétrica para dar mais segurança ao Estado. No mês de maio, segundo ele, será realizado um leilão para contratação de energias renováveis, que serão implantadas até junho de 2021. “Nos próximos dois anos  Roraima vai sentir a diferença na questão energética, com novas fontes de energias, energia mais barata e que preservam o meio ambiente, e principalmente com a conclusão do Linhão de Tucuruí, no segundo semestre de 2021”, reforçou.

 

Para o ministro Bento Albuquerque, a empresa Oliveira Energia desempenha um papel muito importante no momento em que Roraima está com o fornecimento de energia elétrica totalmente feito por termelétrica. “É uma satisfação muito grande conhecer as instalações e ver as condições de operação, de segurança e de controle de qualidade, e que está exercendo um importante papel para a segurança enérgica para Roraima”, afirmou.

 

O governador Denarium frisou que o Linhão de Tucuruí vai trazer prosperidade para Roraima, valorizando os empreendedores locais e também gerando novos investimentos. “Temos o compromisso do presidente e do Ministério que no segundo semestre de 2019 será iniciada a construção do Linhão de Tucuruí. Roraima tem um potencial produtivo muito grande e precisamos de uma energia de boa qualidade para que a gente possa alavancar emprego, renda e tornar o Estado um modelo para todo o Brasil”, afirmou.

 

VISITA - Esta é a segunda vez, em 100 dias de governo, que uma equipe do primeiro escalão federal visita o Estado.

 

Em Roraima os ministros participaram, junto com a equipe de governo e as bancadas federal e estadual, da agenda propositiva do Governo Federal “Ligando o Brasil, Desenvolvendo os Estados”. Entre os assuntos discutidos estavam a construção do Linhão de Tucuruí, considerado pelo Conselho de Defesa Nacional como uma obra de interesse nacional; investimentos para melhoria de tecnologia e comunicação, e a regularização fundiária com a finalização dos trabalhos de transferências das terras da União para o Estado de Roraima.

 

Vieram a Roraima os ministros de Minas e Energias, almirante Bento Albuquerque e de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Marcos Pontes. Representando a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, esteve o secretário Especial de Assuntos Fundiários, Luiz Antonio Nabhan; representando a Ministra da Mulher, da Família e Direitos Humanos, Damares Alves esteve o general Fernando Melo, presidente substituto da Fundação Nacional do Índio e representando o ministro do Meio Ambiente,  Ricardo Sales, esteve o diretor de Proteção Ambiental do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis), Olivaldo Azevedo, e representando o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, General Carlos Alberto Cruz, esteve o assessor Especial da Secretaria de Governo, Eduardo Aggio.

Fonte: Secom/RR