Notícias da CERR

Notícias da CERR

12/12/2019

imagem da notícia

INCLUSÃO DIGITAL

Ministro Marcos Pontes entrega 60 computadores para escolas estaduais de Roraima

 

Seis escolas foram contempladas com 10 computadores cada uma para equipar os laboratórios de informática; a previsão é que o programa atenda as demais escolas da rede

Seis escolas da rede estadual de ensino, localizadas em Boa Vista, foram beneficiadas com computadores do programa Computadores para Inclusão, do MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. O ministro Marcos Pontes esteve nesta quarta-feira, 11, em Roraima e realizou a entrega dos equipamentos em duas instituições de ensino, acompanhado do governador Antonio Denarium e secretária de Educação e Desporto, Leila Soares Perussolo.

O secretário de Telecomunicações do MCTI, Vitor Menezes, o senador Chico Rodrigues e o deputado federal Nicoletti também participaram da ação, que foi realizada no Colégio Estadual Militarizado Conceição da Costa e Silva, no bairro Senador Hélio Campos, e na Escola Estadual Vitória Mota Cruz, no bairro Caçari.

Cada escola recebeu dez computadores para equipar os laboratórios de informática. Além das instituições de ensino citadas, também foram beneficiadas as escolas Barão de Parima, Olavo Brasil, Caranã e Colégio Estadual Militarizado Luiz Ritler Brito de Lucena. O governador Denarium informou que a previsão é ampliar o programa para toda a rede.

“É através da tecnologia que nós temos que melhorar a produtividade em todos os setores. O ministro Marcos Pontes tem um compromisso conosco para ampliar o programa no Estado. Queremos fazer a inclusão de todas as 383 escolas e levar conhecimento e tecnologia para todo o Estado de Roraima”, informou Denarium.

O secretário de Telecomunicações, Vítor Menezes, esclareceu que por meio do programa já foram doados 1.300 computadores para escolas de todo o Brasil. Ele explicou que os computadores doados são aqueles que não estão mais sendo utilizados pela administração pública federal, são inteiramente formatados e entregues completamente novos.

“Esses computadores não servem apenas para fazer inclusão digital, mas servem também para gerar consciência ambiental. Muitas vezes os computadores que não servem mais, as pessoas jogam no lixo, jogam na natureza. Estamos trabalhando também para que lixos eletrônicos não sejam despejados na natureza”, disse Vítor.

Para o estudante Caian Pereira de Oliveira, do 6° ano da Escola Vitória Mota Cruz, a visita do ministro movimentou a escola e os novos computadores serão importantes para ajudar nos trabalhos escolares. 

“É importante atualizar a escola. Esses computadores vão ajudar muito nas pesquisas e nos nossos trabalhos. Alguns professores passam trabalhos para fazer na internet, aí precisamos fazer em casa, mas agora como tem aqui, poderemos fazer com maior facilidade”, disse o aluno.

O ministro marcos Pontes informou que, além de equipar os laboratórios de escolas, para 2020 o Ministério planeja espalhar laboratórios de informática na Amazônia, a fim de favorecer estudos e pesquisas científicas na região.

“Estamos com planejamento para ano que vem junto com o Exército e a Marinha espalhar laboratórios pela Amazônia de forma que possamos dar aos nossos cientistas e pesquisadores locais para trabalho e a possibilidade de enviar os resultados por meio de conexão via satélite de forma que nós possamos ajudar no desenvolvimento econômico e social da região”, explicou o Ministro.

 

INVESTIMETOS

Em 2019, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) investiu na formação de professores orientadores de tecnologia que atuam nos laboratórios de informática das escolas. Ao longo do ano, cerca de 50 profissionais foram capacitados em cursos e oficinas realizados por meio do NTE (Núcleo de Tecnologia do Estado). 

No mês de novembro, a Seed promoveu o I Worshop de Tecnologia Educacional, que contou com a presença do coordenador de tecnologia do MEC (Ministério da Educação). O evento buscou estimular o uso das ferramentas tecnológicas em favor da aprendizagem.

Em 2020, o programa Inovação Educação Conectada, do Governo Federal, beneficiará 82 escolas da rede estadual. Por meio do programa, as escolas poderão contratar serviços de internet e adquirir equipamentos. Os recursos serão distribuídos no âmbito do PDDE (Programa Dinheiro Direto nas Escolas) e administrados via APM (Associação de Pais e Mestres) das escolas.

A secretária Leila Perussolo enfatizou que o processo educacional não pode ficar alheio às ciências, às inovações e à tecnologia e que a Seed já vem desenvolvendo um trabalho na área. Destacou que os computadores devem ser utilizados como ferramenta pedagógica.

“Estamos recebendo esses computadores com muita felicidade. Nós já temos um trabalho nessa área, incluindo a capacitação dos técnicos dos laboratórios. A gente acredita que a educação se dá não somente por meio da Língua Portuguesa, Física ou Matemática, mas também pelo processo de aprimoramento e de aprender a lidar com as tecnologias e fazer bom uso delas. O computador na escola é uma ferramenta de aprendizagem”, observou a secretária Leila Perussolo.

 

Fonte: Ascom/Seed