Governo recebe demandas de representantes do comércio, indústria, serviços e agricultura

NOTÍCIA Assessoria de Comunicação
imagem da notícia


Os representantes do comércio, indústria, serviços e agricultura de Roraima apresentaram demandas dos setores ao Governo de Roraima durante reunião que ocorreu nesta quarta-feira, 12, no Palácio Senador Hélio Campos. Presente no encontro, o governador Antonio Denarium acolheu as demandas apresentadas pelos segmentos e aproveitou a oportunidade para fazer uma prestação de contas de todas as ações governamentais durante dois anos de gestão.

A presidente da Federação das Indústrias do Estado de Roraima, Izabel Itikawa destacou a importância da iniciativa do Governo em abrir diálogo com as Federações que representam diversos segmentos no Estado. Na oportunidade, ela entregou um compilado de pedidos ao Governo do Estado. “Quero parabenizar o governador pela proposta de trazer as Federações que representam os segmentos no nosso Estado, e dizer que a reunião tem uma grande importância para todos no que diz respeito às demandas, pois é necessário que sejam atendidas e concluídas, frente ao Governo que está aberto a uma discussão e atenção às nossas necessidades”, disse.

Participaram também representantes da Faer (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Roraima), Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima), Facir (Federação das Associações Comerciais e Industriais de Roraima), Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Femicro (Federação das Associações de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte e Empreendedores Individuais de Roraima) e CDDI (Conselho de Desenvolvimento do Distrito Industrial).

Essas instituições têm parcelas contributivas no desenvolvimento econômico do Estado, com mais de 70 mil postos de empregos, conforme declarou o presidente do Fórum das Federações Representativas de Classes Empresariais de Roraima, Ademir Santos. “Uma reunião de suma importância, onde temos uma prestação de contas feitas pessoalmente pelo governador, mostrando a evolução do Estado nos últimos anos, além de todas as propostas que temos para o futuro. Tivemos a oportunidade de colocar o nosso posicionamento, até porque, representamos 32 mil empresas e 76 mil empregos gerados”, explicou.

Gestão do governo contribui para o crescimento do PIB

Em 2020, o Estado de Roraima foi o segundo Estado do país com maior crescimento proporcional do PIB (Produto Interno Bruto), com um aumento de 15,9%.

De acordo com o governador Antonio Denarium, o crescimento é um reflexo direto das ações do Governo de Roraima, nos últimos dois anos, para fortalecer os setores comerciais e industriais, principalmente na geração de empregos, atração de investidores, implementação de pacotes econômicos, ações sociais, com entrega de cartões Cestas da Família, bem como pagamento salarial em dias e antecipação do 13º salário. “Em 2019 tivemos um saldo positivo de 2.330 mil carteiras assinadas. Além disso, tivemos um crescimento no número de empregos com carteiras assinadas. Em 2020 tivemos quase 27.000 carteiras no Estado de Roraima, um saldo entre demissão e contratação de 3.771 carteiras assinadas, o acumulado em 2019 e 2020 são mais de seis mil de saldo, em dois anos. Isso é fruto do trabalho do Governo do Estado”, destacou Denarium.

De acordo com o secretário de Planejamento Emerson Baú, além da prestação de contas, o diálogo serviu para ouvir as expectativas do setor frente ao trabalho realizado pelo Governo. “De uma forma muito aberta e democrática o governador fez uma prestação de contas do que vem fazendo até hoje, desde o início da gestão e como está sendo trabalhado o imposto gerado por esses empresários em suas atividades empresariais. Então nós ouvimos as demandas e expectativas das entidades empresariais quanto ao posicionamento do Governo”, complementou Baú.

 
Fonte: Secom - RR