imagem da notícia
Governo autoriza construção de delegacia em Pacaraima

11/02/2021

Localizado na fronteira com a Venezuela, o município de Pacaraima, distante 213km da Capital, ganhará uma nova delegacia de Polícia Civil. A ordem de serviço que autoriza o início da construção foi assinada pelo governador Antonio Denarium na manhã desta terça-feira, dia 9.

O investimento é de pouco mais de R$ 800 mil, fruto de emenda parlamentar do deputado estadual Renato Silva. A obra, que compreende 205 metros quadrados, já foi licitada, deve iniciar nos próximos 10 dias e previsão de conclusão em 180 dias.

“O Governo do Estado tem feito avanço em todos os municípios com recursos próprios e emendas parlamentares. Em Pacaraima, por exemplo, contamos com emenda do deputado Renato Silva e com isso, a população vai ganhar com mais segurança e os servidores, em melhores condições de trabalho”, disse Denarium.

Para o autor da emenda parlamentar, deputado Renato Silva, considerou o ato como “mais feliz”, por concretizar o projeto de construção da delegacia de Pacaraima. “Nós, agentes públicos, passamos, mas as boas ações ficam. A construção dessa delegacia é uma conquista do meu mandato e vou continuar trabalhando para levar desenvolvimento, segurança e demais ações aos 15 municípios do Estado”, frisou.

O prédio será construído ao lado do Comando da Polícia Militar, o que vai integrar as duas forças estaduais de segurança, otimizar os trabalhos e facilitar o atendimento da população.

Segundo o prefeito de Pacaraima, Juliano Torquato, a população do município esperava por muito tempo uma nova delegacia, que é uma ferramenta que vai melhorar a vida dos moradores, garantir a segurança que é essencial em um município de fronteira.

OUTROS INVESTIMENTOS

De janeiro do ano de 2019 até dezembro de 2020, o Governo de Roraima investiu o equivalente a R$ 5.157.516,39 na Polícia Civil, referente à construção e reformas de delegacias, aquisição de materiais permanentes e viaturas.

Nesse período, foram concluídas as obras das delegacias de Caracaraí e o 1º DP, que estavam paradas por anos. O governo investiu também na aquisição de equipamentos e materiais permanentes, além da manutenção da frota, com recursos próprios.

Fonte: Secom - RR