Notícias da CERR

Notícias da CERR

27/07/2020

imagem da notícia

O governador de Roraima, Antonio Denarium, e os governadores dos Estados que integram o Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, se reuniram nesta terça-feira (21), por meio de videoconferência, com o vice-presidente da República e presidente do Conselho Nacional da Amazônia, general Hamilton Mourão, para tratar das demandas sobre o desenvolvimento sustentável na região.

Denarium reforçou as demandas já solicitadas em outras reuniões, entre elas o assentimento prévio das terras em faixa de fronteira. É uma autorização necessária para a regularização fundiária de terras ao longo da faixa de fronteira terrestre, com 150 quilômetros de largura.

“Hoje, eu e os outros oito governadores da Amazônia Legal, conversamos com o vice-presidente, general Hamilton Mourão, que também é presidente do Conselho Nacional da Amazônia sobre as demandas urgentes que temos aqui. A principal delas é a regularização fundiária, sobre a qual solicitei mais uma vez o assentimento prévio das terras da faixa de fronteira para que possamos regularizar e, assim, combater as atividades ilegais que agridem o meio ambiente”, disse o governador.

Ele também reforçou a necessidade da sinergia entre os órgãos de regularização fundiária e de meio ambiente, citada pelo governador do Pará, Elder Barbalho, para que todos os Estados possam dar andamento ao processo de legalização das terras com mais agilidade.

Outro ponto importante debatido foi à finalização do Zoneamento Ecológico Econômico que viabiliza o desenvolvimento sustentável em consonância com o desenvolvimento socioambiental. O ZEE foi traduzido em várias línguas indígenas para a realização de audiências públicas nas comunidades de Roraima.

“O desenvolvimento sustentável de Roraima é uma necessidade de todos que vivem aqui. Por isso, tenho trabalhado intensamente para resolver os entraves que nos impedem de tornar Roraima um estado favorável para grandes investimentos que vão gerar muitos empregos para nosso povo”, pontuou.

O vice-presidente solicitou aos governadores com o intuito de continuar a cooperação existente entre o Conselho Nacional da Amazônia e o Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, o fortalecimento dos órgãos estaduais de combate aos ilícitos ambientais. “Precisamos ter sinergia entre o Governo Federal e os Governos Estaduais no sentido de proteger, preservar e desenvolver a Amazônia Legal”, disse.

 

Fonte: Secom/RR