Notícias da CERR

Notícias da CERR

20/05/2020

imagem da notícia

O HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), por meio do BLH (Banco de Leito Humano), inicia nesta terça-feira, 19, as ações da Campanha Nacional pela Doação de Leite Materno, uma iniciativa da Rede Brasileira de Bancos de Leite.

Conforme Sílvia Furlin, coordenadora do BLH da Maternidade, a iniciativa visa incentivar várias mulheres que amamentam a ajudar no estoque da unidade, principalmente aquelas mães que possuem excedente de leite humano, ajudando a salvar a vida de bebês prematuros.

“É muito importante ressaltar que esse leite humano faz toda a diferença na vida de um recém-nascido prematuro de baixo peso. Há ocasiões em que esses bebês ficam internados na UTI Neonatal e são crianças que a mãe não consegue amamentar. Por isso, a importância desse ato”, enfatizou.

A campanha deste ano também coincide com os 30 anos de atuação do BLH, que é responsável por atender as demandas da rede de saúde pública e privada do Estado. “A unidade é o centro de referência e o único no nosso Estado que presta toda assistência a mães oriundas da rede de saúde pública ou provada. E é importante sempre ressaltar também que nós trabalhamos como manejo do leite materno e com o processo de pasteurização desse alimento", disse.

Segundo Sílvia Furlin, hoje o BLH é composto por uma equipe multiprofissional, com enfermeiros, técnicos, psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas, bioquímicos e técnicos de laboratório. "Todos esses profissionais trabalham em prol do atendimento desse prematuro e também da mãe que apresenta dificuldade nessa questão do aleitamento materno”, frisou.

DESAFIOS - De acordo com Sílvia, por conta da pandemia do Coronavírus o estoque acabou sofrendo uma queda de 30% nas doações. Apesar disso, a unidade tem buscado garantir que as mães se sintam seguras na hora de ajudar a aumentar o quantitativo de banco de leite humano.

“Por meio do projeto Bombeiros Amigos do Peito, o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima tem sido um grande parceiro do nossos Banco de Leite. Atualmente, o Corpo de Bombeiros é a única instituição que nos auxilia, sendo a principal responsável por essas coletas. Eles vão até a residência dessas mães, com todos os equipamentos de proteção individual, para receber esse leite e vir deixar até a maternidade”, disse.

Para os próximos dias, a maternidade fará uma série de ações com foco na valorização das pessoas que contribuem até hoje com o funcionamento do Banco de Leito da unidade.

“Vamos realizar uma série de homenagens às mães doadoras, com certificados para a maior doadora em tempo [No Banco de Leite] e a maior doadora em volume. Vamos também ter um vídeo institucional que será apresentado para todos os bancos de leite do Brasil, no dia 25, falando sobre essa nossa trajetória no período de 10 anos, além de campanhas de conscientização nas redes sociais e junto com a mídia local”, pontuou.

O Banco de Leite Humano do HMINSN funciona 24 horas por dia. Qualquer dúvida sobre como funciona a doação de leite materno pode ser sanada no telefone (95) 98414-0772.

 

Fonte: Secom - RR