CESTA DA FAMÍLIA | Governo dá continuidade à distribuição de 350 mil cestas em todo o Estado

NOTÍCIA Assessoria de Comunicação
imagem da notícia


A moradora da vicinal 13 da Vila São José, município de Cantá, Maria Helena da Silva, de 55 anos, foi uma das 1.815 pessoas beneficiadas pelo projeto emergencial Cesta da Família, que atendeu, nessa sexta-feira, 14, também moradores da sede do Cantá, da Vila Nova e da Vila Félix Pinto.

Desempregada e sem condições de arcar com a alimentação de seus familiares, Maria Helena chegou logo cedo à Escola Estadual Barbosa de Alencar para receber a cesta física e minimizar a dificuldade na aquisição de alimentos. "Aqui na Vila São José as dificuldades são imensas, pois o inverno rigoroso impediu a preparação da lavoura e, além disso, o período de pandemia trouxe sérios problemas para as famílias em relação à questão financeira e de saúde. A ajuda que o Governo nos proporciona hoje é um grande alívio", detalhou.

O governador Antonio Denarium destacou em todas as entregas que o Executivo, em parceria com instituições e demais Secretarias, está levando junto com a entrega das cestas e cartões outros serviços à população na área da saúde, educação, titulação de terras e atendimentos ofertados pela Casa da Mulher Brasileira. "Estaremos em uma intensa maratona, todas as semanas, visitando todos os municípios com as entregas das cestas físicas e dos cartões alimentação. O projeto tem o objetivo de prover alimentação às famílias em extrema situação de pobreza neste período de pandemia. As comunidades indígenas serão também beneficiadas. Nos próximos dias, estaremos com nossa caravana entregando as cestas físicas", disse Denarium.

Para a dona de casa Maria Luzinete, de 45 anos, moradora da Vila Central, os itens são um benefício muito esperado pela família. "Eu agradeço a Deus, primeiramente, e a todas as pessoas que se esforçam, vindo até a nossa localidade para nos ajudar. A situação está muito difícil e esse rancho vai ajudar a complementar a alimentação na minha casa", relatou.

A secretária do Trabalho e Bem-Estar Social, Tânia Soares, disse que o governador Denarium determinou que seja alinhada com os prefeitos a agenda de entregas, beneficiando as famílias em vulnerabilidade social. "No total, serão destinadas aos municípios 350 mil cestas físicas para minimizar esta situação crítica que as famílias estão passando", pontuou.

Brigadistas colaboram na ação

A ação social de visita aos municípios para a entrega das cestas físicas conta com a parceria dos brigadistas da Defesa Civil, contratados pelo Governo de Roraima.

Eles possibilitam o auxílio após a renovação do contrato temporário dos 200 brigadistas que atuam em todos os municípios de Roraima. Para a entrega nas quatro localidades, foram selecionados 36 brigadistas, com a equipe formada por integrantes de Mucajaí, Iracema, Cantá e Boa Vista.

O brigadista Miquéias Barbosa Lopes, que antes trabalhava na colheita de abacaxi, hoje se sente feliz em contribuir com esta ação social. "Me sinto útil em ajudar a equipe do Governo de Roraima no deslocamento das cestas e não existe felicidade maior do que receber um muito obrigado. É gratificante a realização desta nobre missão de auxílio às famílias que passam por dificuldades no momento", disse.

Fonte: Secom - RR