Notícias da CERR

Notícias da CERR

09/06/2020

imagem da notícia

A transparência no Executivo estadual é uma das principais características da gestão do governador Antonio Denarium, que faz questão de informar a população sobre as ações executadas com os recursos públicos. No início da tarde desta segunda-feira, 8, Denarium e o comandante da PMRR (Polícia Militar de Roraima), coronel Elias Santana, concederam entrevista ao programa Roraima Notícias, da Rádio Roraima.

Denarium falou inicialmente sobre a posse de cinco novos secretários de Estado, realizada na sexta-feira passada, 5. "Essas mudanças fazem parte de um processo de reestruturação da gestão do Governo do Estado. Estamos fazendo um trabalho de governança participativa. Vamos buscar a melhoria da nossa relação com os outros poderes, dessa forma, teremos um Governo sem conflitos políticos", argumentou.

Ele afirmou que, assim como ocorre com o Governo Federal, que estabeleceu uma conduta de estreitamento dos laços com o Congresso Nacional, em Roraima não será diferente para que seja fortalecida a atuação de sua gestão.

"Precisamos do apoio da Assembleia Legislativa para executar nossas ações de maneira mais rápida e eficiente, evitando os conflitos. Hoje, temos os projetos de Governo mais estruturantes da história de Roraima nas áreas de saúde, segurança, infraestrutura, educação, regularização fundiária e ambiental. Vamos nos esforçar para aprová-los", explicou.

Denarium aproveitou para expressar a sua satisfação em ter o deputado estadual, Soldado Sampaio, como o atual chefe da Casa Civil, por possuir uma boa relação com a sua gestão desde o início.

"Estamos vivendo um novo momento político no Estado. O deputado Soldado Sampaio sempre foi da base de apoio do Governo. Ele tem um excelente relacionamento com todos os parlamentares. Chegou o momento de ter um interlecutor que converse ao mesmo tempo com o Governo e a Assembleia, para atender ao interesse da população", disse Denarium.

Obras na saúde

Outro assunto de destaque no programa foi a visita do governador às obras do bloco E, do HGR (Hospital Geral de Roraima), que seguem o novo cronograma para a conclusão. "A obra começou em 2013, com dinheiro emprestado. Infelizmente, estamos pagando juros para o banco porque essa obra foi financiada por gestões anteriores. A obra apresentou vários erros por ser incompleta. Fizemos o levantamento dos problemas apresentados e cancelamos o contrato com a empresa anterior", esclareceu.

De acordo com Denarium, reiniciadas em março deste ano, as obras do anexo do HGR contam com o serviço de uma nova empresa, que já estabeleceu um prazo para a conclusão dos trabalhos. "O bloco será concluído com recursos próprios do Estado. Ele terá 120 leitos de enfermaria, 40 leitos de UTİ [Unidade de Terapia Intensiva] e 10 novos centros cirúrgicos", enfatizou.

A obra de ampliação do grande trauma do HGR também foi citada pelo governador, assim como a reforma do bloco B. "Vamos ampliar na linha amarela e vermelha em 27 novos leitos para o atendimento em ortopedia. A obra foi possível graças à emenda parlamentar do deputado federal Dr. Hiran Gonçalves. Já a obra do bloco B, contou com a emenda parlamentar da ex-senadora Ângela Portela. Os blocos A, C e D também serão reformados em nossa gestão", garantiu o governador.

Ele citou, ainda, da construção do Hospital do Amor em Roraima, para o tratamento do câncer; da reforma e ampliação da UTİ neonatal e do centro cirúrgico do HMİNSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazaré). "Assim que terminarmos essas obras na maternidade, iremos iniciar uma reforma ampla na unidade de saúde. Inclusive, vamos criar mais um bloco para aumentar a quantidade de leitos", mencionou.

Enfrentamento à pandemia

Ao falar sobre a atual situação do Estado, que sofre em decorrência da pandemia de Coronavírus (COVID-19), o governador Antonio Denarium disse que tem se empenhado ao máximo para salvar a vida dos pacientes acometidos pela doença. "A pandemia pegou todo mundo desprevenido. Nenhum país ou estado de mundo tinha um sistema de saúde preparado para fazer o atendimento aos casos da COVID-19. Infelizmente, já perdemos vidas de muitas pessoas em nosso Estado", lamentou.

Denarium disse que, para amenizar essa situação provocada pela pandemia, o Estado firmou uma parceria com o Exército Brasileiro, Prefeitura de Boa Vista e a UFRR (Universidade Federal de Roraima) para a implantação da APC (Área de Proteção e Cuidados), mais conhecida como Hospital de Campanha, para atuar no atendimento aos casos graves da COVID-19.

"Já fizemos a entrega de EPIs [Equipamentos de Proteção Individual], medicamentos e produtos médicos hospitalares. Mesmo enfrentando um grau de dificuldades, estamos concluído o processo de contratação de profissionais de saúde. Inclusive, entramos com uma ação na Justiça para contratar médicos estrangeiros para atuarem no Estado", informou.

Ele ressaltou que, apesar das mortes por COVID-19 registradas no Estado, muitos pacientes tratados no HGR já foram curados da doença e estão bem, graças às equipes médicas. "Eu quero aqui cumprimentar todos os profissionais de saúde, os médicos, os enfermeiros, os técnicos de enfermagem, os fisioterapeutas, os técnicos em radiologia, os nutricionistas, os farmacêuticos e os assistentes sociais. Todos estão de parabéns pelo enfrentamento à COVID-19", destacou Denarium

O governador ressaltou a boa relação que possui com o general Eduardo Pazuello, que foi comandante da Operação Acolhida em Roraima e que hoje está à frente do Ministério da Saúde. Segundo o governador, Pazuello tem contribuído de forma positiva para as ações contra a COVID-19 desenvolvidas pelo Estado.

"O general Pazuello já confirmou que vai participar da inauguração do Hospital de Campanha. Vale lembrar que solicitei à força tarefa do Ministério da Saúde para nos enviar médicos para Roraima, para ajudar no atendimento na APC. Agradeço à sua gestão que nos enviou recentemente 50 respiradores e 30 ventiladores para as UTİs de retaguarda", lembrou.

  Fonte: Secom-RR